quinta-feira, 9 de outubro de 2008

Blogando...

10 de outubro de 2007 e 10 de outubro de 2008.

Estou com tantas saudades de casa. Inexplicavel.
Passei a ultima semana pensando que, na proxima semana, deveria ser a minha ultima semana aqui. Que ha um ano atras, eu estava triste por estar vindo e deixando meu pais sozinhos. \o/

Foi dificil, mas consegui sair da saia da minha mae e da asa do meu pai.
Ninguem nunca acreditou que eu fosse passar um ano aqui, muitos me deram 1, 2 ou ate 3 meses como au pair, mas depois voltaria correndo.

No comecinho de tudo, quis voltar mesmo, mas nao tive outra opcao alem de tentar, como ja disse antes e volto a repetir, eu nao me arrependo. Estou feliz aqui, cansada, mas feliz.

Algumas vezes me perguntei pq decidi extender meu ano, um dos objetivos sempre foi melhorar o meu ingles. Em partes ele tem melhorado, minha audicao estao muito melhor, entendo bem, mas infelizmente ainda nao consegui falar muito bem, sempre enrosco, esqueco palavras, troco significados, e nao tenho me esforcado muito pra melhorar isso. Em fato, quando estou off quero mais eh aproveitar meu tempo, com meus amigos, assistindo meus Dvds de ER (plantao medico), meus videos, jogar on line, bater um papo, falar com meus queridos...

Seria muito mais facil aprender estando apenas como estudante, mas essa nao eh uma opcao muito valida pra mim. Passarinho que cria asas tem que voar e criar o proprio ninho. As asas ja bati faz tempo, so nao tenho o meu ninho. Sendo apenas estudante nao tenho como me manter sozinha. Quem eh au pair entende o que estou falando.

Esse primeiro ano tem passado rapido, esta quase no fim, as vezes peco que o proxim passe rapido tambem, as vezes quero que passe devagar.
No fundo, o que eu queria era ficar por aqui, mas nao quero ficar longe daqueles que amo, as pessoas mais importantes da minha vida: Meus Pais.

Todos me perguntam pq nao arranjo namorado e caso por aqui mesmo, a resposta É e sempre vai ser a mesma: Tenho tentado nao criar raizes aqui, tenho que voltar e ficar com meus pais.
Pode ate ser que nao de certo, que eu queira voltar, ou ir para outro pais, mas isso ja eh outra historia.

Morar fora é um otima oportunidade, é uma grande oportunidade, principalmente quando voce vem sozinho e nao tem ninguem para resolver seus problemas, foi assim que eu aprendi e tenho aprendido a me virar. Confesso que meus hosts e a Emilly sempre me dao uma mao quando necessario, mas tenho aprendido o valor de cada coisa, tenho aprendido a esperar sem reclamar pra ter aquilo que eu quero. Aprendi a gastar dinheiro com coisas que nao queria, mas que sao necessarias (estou falando por exemplo, do seguro saude da CC que vou renovar).

Existem pessoas que ao ler isso, e algumas ja me falaram, querer ficar aqui nao é egoismo, é querer mudar de vida, crescer, ter uma oportunidade melhor.
No meu caso vejo como egoismo sim, tenho meus pais me esperando com as promessas que deixei. Nao quero quebrar as promessas que fiz a eles!

Muitos nao entendem o que quero dizer, ou o que eu sinto em relacao a isso, vou tentar explicar:
Sou filha do segundo casamento do meu pai. Tenho duas irmas por parte dele.
Por parte de mae sou filha unica, entao ja foi dificil para ela me deixar vir. Mesmo eu sendo birrenta, sempre fomos apegadas.

Por parte do meu pai, sempre fui a que tive mais atencao, obvio, morando junto eh sempre mais facil. Meu pai eh meio desligado por natureza, minhas irmas nunca entederam isso, e espero que nao venham a ver isso tarde demais.
Sempre brigaram muito com ele. Ele nao eh santo, mas sabe o que bem engracado?

Elas sempre julgaram ele por ele nao ligar em natal, ano novo, pascoa, dia da arvore, dia do arco iris.... Espera um momento, quem disse que ele nunca ligava? EU era uma que ligava quase todos os feriados de fim de ano. Quem atendia o telefone? As vz ninguem, as vz a mae delas.
Se elas pegavam os recados, eh algo que dificilmente vamos saber.

Enfim, sei que meus pais estao envelhecendo, estao ficando doentes, e eu quero estar la, para aproveitar cada momento que eu possa ter com eles. Demorei pra ver isso, demorei mesmo, mas nunca eh tarde para se consertar os erros. Fui uma filha por muitas vezes danada, ruim, mal criada, sempre tive consciencia disso, mas estou pronta para ao menos tentar ser melhor.

Passado um ano (ou quase um ano) longe de casa, podemos ter a visao de como eh passar a vida sem ter mais aqueles que amamos. Quando meus pais se forem, quero ter a minha mente leve e o pensamento de que Eu estava ao lado deles quando eles precisaram de mim.

Nao quero saber das oportunidades que perderei aqui no EUA. Nao quero pensar nas coisas que deixei de fazer no passado por proibicao do meu pai. So quero estar ao lado deles, dividir tudo o que eu puder, pq sei, que eles ficarao felizes com isso.


No final, só Deus sabe o que vai ser de mim, e espero que possa dividir isso tudo com os meus amados.

Acho que ainda nao comentei sobre isso. Refiz as pazes com uma pessoa do tempo do Banco do Brasil. Por mais engracado que venha a soar, comecamos uma discussao por email, que foi se alongando demais, essa pessoa leu meu blog e deixou um comentario muito maldoso. Apos esse comentario, comecamos a conversar, e chegamos num ponto, aonde tivemos que esclarecer muitas coisas. Voltamos a ser amigos.

Nao entendeu?
Tenho tentado perdoar e ser perdoada por pessoas que fizeram parte da minha vida.
Tenho obtido sucesso, e isso me deixa feliz.
Infelizmente ha pessoas que tento, mas TENTO mesmo perdoar, mas nao tem como.
Um dia quem sabe....

3 comentários:

  1. Viviane,
    eu li seu post todinho e entendi exatamente o que vc falou. isso me ajudou a ver que vai ser realmente mt bom pra mim morar fora. eu tou tendo umas dificuldades na minha relação com minha mãe e acho que estar longe um pouco vai ajudar a ver as coisas de uma outra forma. além de me ajudar a sentir que minha vida é minha e sentir o peso da responsabilidade de td.. vai ser difícil, eu acho, mas vai ser bom (: eu acabei de receber meu aceite, há dois dias, então tou naquela tensão esperando uma família. espero que Deus abençoe e que eu ache uma bem legal e que seja pra mim msm!
    espero que dê td certo ai pra vc nesse novo ano.
    beeeeijo

    ResponderExcluir
  2. Geeeeeeeeennnttteee..ja faz um ano que vc me ligou as 7 da manha desesperada, falando que ia embora??? nao acredito... e vc ainda nao veio aqui em Seattle me visitar?? que absurdo... ai..temos mais um ano pela frente... e que lindo seu post... um dia ainda fico inspirada pra escrever assim...

    bjuuuu

    ResponderExcluir
  3. Oi...
    Achei seu blog.
    Vc ainda mora em Pleasantville?
    Pode me falar um pouco de lá....estou indo pra esta cidade em novembro.
    Abração
    Cinthya

    ResponderExcluir

Deixe sua mensagem após o sinal... PIIIIIIIIIIIII

¯`» Aonde voce esta? 2009 «´¯