segunda-feira, 22 de dezembro de 2008

Namorado.



TER OU NÃO TER NAMORADO

Quem não tem namorado é alguém que tirou férias não remuneradas de si mesmo.
Namorado é a mais difícil das conquistas. Difícil porque namorado de verdade é muito raro. Necessita de adivinhação, de pele, saliva, lágrima, nuvem, quindim, brisa ou filosofia. Paquera, gabiru, flerte, caso, transa, envolvimento, até paixão, é fácil. Mas namorado, mesmo, é muito difícil.
Namorado não precisa ser o mais bonito, mas ser aquele a quem se quer proteger e quando se chega ao lado dele a gente treme, sua frio e quase desmaia pedindo proteção. A proteção não precisa ser parruda, decidida; ou bandoleira basta um olhar de compreensão ou mesmo de aflição.
Quem não tem namorado é quem não tem amor é quem não sabe o gosto de namorar. Há quem não sabe o gosto de namorar. Se você tem três pretendentes, dois paqueras, um envolvimento e dois amantes; mesmo assim pode não ter nenhum namorado.
Não tem namorado quem não sabe o gosto de chuva, cinema sessão das duas, medo do pai, sanduíche de padaria ou drible no trabalho.
Não tem namorado quem transa sem carinho, quem se acaricia sem vontade de virar sorvete ou lagartixa e quem ama sem alegria.
Não tem namorado quem faz pacto de amor apenas com a infelicidade.
Namorar é fazer pactos com a felicidade ainda que rápida, escondida, fugidia ou impossível de durar.
Não tem namorado quem não sabe o valor de mãos dadas; de carinho escondido na hora em que passa o filme; de flor catada no muro e entregue de repente; de poesia de Fernando Pessoa, Vinícius de Moraes ou Chico Buarque lida bem devagar; de gargalhada quando fala junto ou descobre meia rasgada; de ânsia enorme de viajar junto para a Escócia ou mesmo de metrô, bonde, nuvem, cavalo alado, tapete mágico ou foguete interplanetário.
Não tem namorado quem não gosta de dormir agarrado, de fazer cesta abraçado, fazer compra junto.
Não tem namorado quem não gosta de falar do próprio amor, nem de ficar horas e horas olhando o mistério do outro dentro dos olhos dele, abobalhados de alegria pela lucidez do amor.
Não tem namorado quem não redescobre a criança própria e a do amado e sai com ela para parques, fliperamas, beira - d'água, show do Milton Nascimento, bosques enluarados, ruas de sonhos ou musical da Metro.
Não tem namorado quem não tem música secreta com ele, quem não dedica livros, quem não recorta artigos; quem gosta sem curtir; quem curte sem aprofundar.
Não tem namorado quem nunca sentiu o gosto de ser lembrado de repente no fim de semana, na madrugada, ou meio-dia do dia de sol em plena praia cheia de rivais.
Não tem namorado quem ama sem se dedicar; quem namora sem brincar; quem vive cheio de obrigações; quem faz sexo sem esperar o outro ir junto com ele.
Não tem namorado quem confunde solidão com ficar sozinho e em paz.
Não tem namorado quem não fala sozinho, não ri de si mesmo e quem tem medo de ser afetivo.
Se você não tem namorado porque não descobriu que o amor é alegre e você vive pesando duzentos quilos de grilos e medos, ponha a saia mais leve, aquela de chita e passeie de mãos dadas com o ar.
Enfeite-se com margaridas e ternuras e escove a alma com leves fricções de esperança.
De alma escovada e coração estouvado, saia do quintal de si mesmo e descubra o próprio jardim. Acorde com gosto de caqui e sorria lírios para quem passe debaixo de sua janela.
Ponha intenções de quermesse em seus olhos e beba licor de contos de fada.
Ande como se o chão estivesse repleto de sons de flauta e do céu descesse uma névoa de borboletas, cada qual trazendo uma pérola falante a dizer frases sutis e palavras de galanteria.
Se você não tem namorado é porque ainda não enlouqueceu aquele pouquinho necessário a fazer a vida parar e de repente parecer que faz sentido. ENLOU-CRESÇA.
[Artur da Távola]



Amor.

Sempre falamos da forma como nos sentimos em relacao ao outro, do sentimento puro e sincero.
Mas eu quero dizer (mais uma vez) o quanto eu Te amo e Te quero na minha vida.
Me sinto tao feliz por ter voce na minha vida, voce chegou e trouxe luz, trouxe alegria, trouxe cancoes, cores, sonhos, risadas, trouxe poesia, trouxe o amor que eu procurava.

Eu conto as horas pra poder falar com voce, pra te ouvir cantar pra mim, pra gente rir com os nossos (e dos) amigos nubi nubis. Passo horas pensando em quando eu chegar em casa, em como tudo vai ser. Dos nossos planos, sonhos.. de tudo.
Eu amo o teu jeitinho de falar, e de cantar!
Amo como a gente pode discutir qualquer assunto no mundo (vide as formigas loucas por acucar).
Amo como tu gosta de ouvir as coisas que acontecem no meu dia a dia.. Coisas do tipo esquilo e cookies ou kids com blankets na cabeca correndo pela casa (essas so voce vai entender), rs.
Eu amo como a gente fala do nosso tempo junto, como planejamos ou apenas pensamos nas viagens que faremos, quando falamos dos filhos que queremos ter e das sabotagens.
Ah amor, eu te amo tanto!

E te quero sempre na minha vida. Nossos finais de semana juntos, os passeios a praia, a espera da tua chegada das aulas, as noites em red.
Tu sabe que o que sinto eh real e eh intenso. Eh pra sempre.
Te amo Meu Lindo.

terça-feira, 2 de dezembro de 2008

O casamento

LIÇÃO DE VIDA
Ela casou enquanto lutava contra o câncer

Guarde este post e leia toda vez que estiver estressada com o casamento, quando tiver ataques de raiva por causa de um fornecedor ou quando pensar em desistir de tudo.


A moça da foto se chama Katie Kirkpatrick, de 21 anos. Ao lado dela está o noivo, Nick, de 23. A foto foi tirada pouco antes da cerimônia de casamento dos dois, realizada em 11 de janeiro de 2005 nos Estados Unidos. Katie tem câncer em estado terminal e passa horas por dia recebendo medicação. Na foto Nick aguarda o término de mais uma destas sessões.

Apesar de sentir muita dor, de vários órgãos estarem apresentando falência e ter que recorrer à morfina, Katie levou adiante o casamento e fez questão de cuidar do máximo de detalhes. O vestido teve que ser ajustado várias vezes, pois Katie perde peso todos os dias devido ao câncer.





Um acessório inusitado na festa foi o tubo de oxigênio usado por Katie. Ele acompanhou a noiva em toda a cerimônia e na festa também. O outro casal da foto são os pais de Nick, emocionados com o casamento do filho com a mulher que namorou desde a adolescência.


Katie, sentada em uma cadeira de rodas e com o tubo de oxigênio, ouve o marido e os amigos cantarem para ela


No meio da festa Katie tira um tempo para descansar. A dor a impede de ficar de pé por muito tempo.



Katie morreu 5 dias após o casamento. Esta história corre pela internet como sendo real. Não duvido da veracidade, pois as fotos venceram um concurso americano de jornalismo. De qualquer forma, ver uma menina tão debilitada vestida de noiva e com um sorrisão nos lábios faz a gente pensar se a vida é mesmo tão complicada. Por isso eu repito:
Guarde este post e leia toda vez que estiver estressada com o casamento, quando tiver ataques de raiva por causa de um fornecedor ou quando pensar em desistir de tudo.



A respostas que procurava, encontrei aqui. Por isso decidi dividi-la.

Peco Desculpas a todas as meninas na qual eu ainda nao respondi os emails, prometo responde-los em breve (tentarei responde-los hoje).

bju bju



domingo, 16 de novembro de 2008

Blogando..









Confesso de coracão:

Já não tenho mais empolgacão para escrever no blog.
Um ano depois, ando cansada, com saudades e aquele blablabla todo que comentei diversas vezes aqui.

Hoje, fiz as coisas habituais do meu dia a dia, por excessao de ter trabalho em pleno domingo (--") , Tentei ir durmir um pouco mais cedo, ler um livro, mas comecei a ouvir uma musica chamada "Animal Crackers - Steven Tyler", quem assistiu Armagedon deve se lembrar, em todo o caso um video desse trecho do filme:

http://www.youtube.com/watch?v=aD25aAsDqZ8

Faz mais de um ano que perdi meu namorado, outras pessoas já passaram na minha vida nesse tempo, nenhum com grande presenca, que balancasse meu coracao e aquelas coisas que sentimos quando apaixonadas, ate alguns dias ou meses atras.

Me senti balancada por um amigo, que mora no Brasil.
Comecamos um tipo de relacao legal, eu gostava de como as coisas estavam indo, tinha varios planos, mas depois de muitas atitudes erradas, e de muita falta de sinceridade, cansei e resolvi continuar com a minha vida AQUI. Tenho pensado no que fazer pra sair da rotina, melhorar a minha vida e alcancar os objetivos que me trouxeram aqui.

Nesse meio tempo, encontrei pessoas diferentes, digo, amigos homens com personalidades diferentes, mas nenhum com a personalidade do "Esquilinho".

Gosto muito de conversar com ele, pessoa de coracao maravilhoso, inteligente, papo cabeca, cheio de planos para o futuro, me respeita, tem uma risada tao gostosa e sabe cantar! Djavan que se prepare, tem um concorrente a altura!

Gosto de ficar conversando com ele, ou algumas vezes, ficamos so ouvindo o outro cantar, ou falar com o pc, brigar com as pessoas no Tibia (vicio maldito)...

Hoje, depois de conversar com ele, atualizar meu ipod, deitei e fiquei pensando em como sao os relacionamentos a distancia, pensei nas meninas que estao aqui e deixaram seus namorados no Brasil. Me questionei quantas dessas meninas continuam levando os relacionamentos, quantas trocaram os namorados, quantas voltaram e a vida continuo como antes.

Não sei se nao rolou a quimica necessaria, Não sei o que deu errado, Mas acho que eu nao conseguiria levar um relacionamento a distancia por muito tempo.
Nem sei se vale a pena mesmo, pelo menos pra mim! Eu gosto de estar com a pessoa, de abracar e sentir o cheiro, de beijar e sentir o calor, de deitar lado a lado e ouvir a respiracao, as batidas do coracao, de ver algo em uma loja e comprar so pra agradar, de algumas vezes ligar no meio da noite so pra falar que estou com saudade. Sim, eu sou to tipo carinhosa exagerada, mas so quando estou MUITO apaixonada
Acho que todo mundo exagera um pouquinho quando o coracao esta feliz.

Essa semana recebi a ligacao do cara de Boston, com quem sai algumas vezes... Conversamos um pouquinho, mas fiquei triste por ele... Ele parecia estar sendo sincero com as coisas que dizia, entre essas palavras, uma frase que me deixou pensativa... "Vc é muito fria comigo."

Infelizmente eu nao sou o tipo de garota que consegue sair com diversos caras, tentando achar aquele que tenha mais coisas em comum, ou apenas pra se divertir. Eu gostaria de ser assim, mas nao sou.

Hoje posso dizer, que ao menos tentei sair com alguns caras, mas decidi esperar por aquele que vai ser o meu "principe", nao adianta eu tentar mudar quem eu sou. Nao vou conseguir sair beijando um carinha na balada, so pra satisfazer o meu ego, ou o das pessoas que convivem comigo, nao to afim de beijar qualquer um, pq as minhas amigas estao com o namorado do lado.
Consigo satisfazer meu ego, com os elogios que recebo, (e olha que nem to 100%).

Eu sou aquela mulher que espera a pessoa certa pra se entregar de vez, viver loucuras sem medo do que as pessoas possam achar!

Eu sou assim, e ninguem vai me mudar. Se meu principe estiver aqui nos US, que venha logo, se estiver no Brasil, calma meu amor, o tempo esta passando e logo estou chegando, para juntos, construirmos nosso Castelo!


( Núúúbi Núúúúúbi)

quarta-feira, 12 de novembro de 2008

A Bosta Do Halloween.


Bom, como ja viram meu halloween nao foi dos melhores.

Saimos da Sexta em direcao a Boston, na esperanca de pegar uma baladinha. Chegamos la tarde, e nao conseguimos entrar em nenhum bar, pelo contrario, um dos meninos que estavam com a gente, acabou perdendo a ID, pois o guarda afirmava que era Fake.

Voltamos pra casa, zuamos um pouquinho e fomos dormir. Só que ai comeca meio que um "rolo".
Eu estava crente que quem dormiria comigo, seria a Luciana, só que nao foi o ocorrido.
No meio da noite, sinto alguem tentando se aproximar!

Stop signal!!!

Que isso irmao? Tah achando que é assim? Chegou, levou?
No, no no. Take your hands off me!!!

Depois disso, acordamos mega tarde, fomos direto pra Salem, conhecemos a cidade, fizemos um tipo de Witch photobook, fomos pra um bar, ficamos conversando, comendo...
Decidimos ir pra casa para podermos nos arrumar e ir para a Tão falada Festa.

Cara, depois de + 2 horas (sim + de DUAS horas) rodando sem achar a merda da festa, todos estressados, gastando gasolina a toa (3 carros velho)... Eles acham a casa, mas a esse ponto eu com dor de cabeca, lu quase vomitando com car sick... Decidimos que era hora de voltar.

Mas isso teve seus momentos comicos que nao podem ser esquecidos...
Como na hora que paramos o carro e o Carioca (caracterizado de policial) solta algumas perolas:
A primeira: "Meu, eu to tao puto, mas tao puto, que eu nao sei quem é que vai morrer primeiro...."

Depois quando achamos a casa e nos decidimos nao ficar ele fala: "Ceis nao vao descer nao? nao tem bala pra todo mundo aqui nao, faz filinha ai pra eu atirar em vcs" haha

Podre!

Enfim, o domingo foi pior, acordamos, arrumamos a casa, e quando fomos buscar os carros pra podermos ir almocar e ir embora, vimos que quebraram o vidro do carro da Dani e roubaram gps, e 2 oculos de marca, cada oculos de 500 dolares :C

Acabamos comprando comida e fazendo o almoco em casa, comemos, eles jogaram cartas pra se distrairem e voltamos pra casa.

Chegando em casa, a tortura nao acabou.

Meu Querido "Pai anfitriao" me chama pra uma conversa nao muito agradavel, no qual resultou na retirada de todos os meus videos como au pair do youtube.


Ando sem novidades e sem muita vontade de escrever aqui.

=C

See you guys another time.

quarta-feira, 29 de outubro de 2008

Happy Halloween!!


Happy Halloween!!
You've been Mooned!!
One rule to this game.... You can NOT get someone who has already gotten you! Now... go out there and get as many people as you can, before they get you! I got you first! and you can't get me back!


Happy Halloween!!
Indo para Boston, creio que a cidade se chama Salem, a cidade das Bruxas nessa sexta-feira.
A programacão é:
- Vamos direto pra balada,
-Festa a Fantasia na casa do amigo do "Tio",
-Visitar as feirinhas de Salem e/ou visitar os eventos
-Dormir
-Balada
-Balada [2]
Não faco ideia de qual seja a ordem, mas vamos fazer isso mesmo, rs.
Segundo conto como foi Tudo e coloco fotinhus! PROMETO postar as fotos aqui.
Happy Halloween!! Happy Halloween!! Happy Halloween!! Happy Halloween!!

quinta-feira, 23 de outubro de 2008

Primeiro Ano - Finalizado com Sucesso.

Nessas ultimas semanas passei por algumas coisas pessoais, e acabei nao tendo coragem para vir dividir com voces aquilo que eu gostaria. Coracao quebrado mais uma vez, bola esperando por um novo jogo.



Acabei meu primeiro ano! UHUUU \o/

Fiquei imensamente feliz, muito mesmo. Terminei um projeto na minha vida, e recomeco outro.

Conversando com meninas na mesma fase que eu (acabando seu primeiro ano ou que ja tenham terminado) sempre surge o mesmo assunto: Queria mesmo era voltar pra casa.



Do ponto de vista do ingles, creio que seriam necessarios alguns anos a mais pra me tornar fluente. Brasileirissima, com aquele sutaque paulista, que mostra que sou de fora, esquecendo palavras ou trocando-as, sem tempo e sem animacao pra ir buscar esse ingles, chego a conclusao que eh hora de ir pra casa ou mudar meu visto e ser apenas estudante mesmo. Como ser apenas estudante não é uma grande opcao pra mim....



Sim, pensei muito em voltar pra casa esse ano mesmo. Saudades absurdas dos meus pais, amigos, meio que apaixonada por um cara que esta no Brasil... Foram coisas que me tentaram a dizer: "Eu amo voces, mas quero a minha vida real de volta".



Não, Não tomei essa decisao. Continuo firme na vida de au pair. Morando aqui com o pensando lá no meu amado pais. Alias, nós não tomamos essa decisao. Algumas continuam na batalha, outras procurando novas familias para o segundo ano, algumas estao voltando pra casar.


É dificil, pensar com a razao e com o coracao ao mesmo tempo. Não é facil, agora chegou a época em que as minhas amigas estao indo embora, nao quero nem pensar em quando dezembro chegar, a Milly vai partir, ja estou de coracao quebrado. Vejo ela sofrer por antecipacao por causa dos meninos que ela cuida, e me vejo na mesma situacao. Só de pensar que irei embora e deixarei meus amores aqui. Minha linda Emma, o amor da minha vida! A crianca que entrou na minha vida para mudar meus conceitos, meu coracao, meus pensamentos. Choro de pensar nisso.



Essa crianca me mudou de tal forma, quem le meu blog desde o comeco do meu programa, sabe que quando cheguei aqui, detestava ela, queria voltar pra casa por causa dessa crianca, e hoje morro de amores.



Quem vai vir no skype falar palavras em portugues para os meus amigos? Quem vai ficar me imitando quando to pondo maquiagem? Quem vai ser a minha irmanzinha quando eu partir?

Dói!



Pensar que talvez eu nunca mais a veja, me da forcas pra ficar aqui. Pensar que as coisas que planejo fazer quando voltar podem dar errado, me fazem ficar. A facilidade da minha vida aqui, me faz ficar.





Não cheguei a comentar, mas a au pair da irma da minha host, fugiu de casa. Cansou.

Eu entendo pq, ate eu morando naquela casa teria fugido. Os hosts sao maravilhosos, as criancas sao boazinhas, mas eu nao vejo o amor que eu vejo nas minhs kids, nas kids de la.

Elas sao frias.



Tudo bem que depois que ela fugiu, eu tenho me tornado mais frequente naquela casa e tenho mais contato com os meninos. E por milagre, tenho gostado dos resultados. Eu detstava o mais velho, to comecando a me dar bem com ele.

Ainda nao curto os playdates, mas nisso eu ja nao tenho tanta escolha... haha


Estava pensando em fazer um post falando sobre as amigas au pairs, aquelas com a qual dividi as angustias, curiosidades, aquelas que comecaram o programa junto comigo, digo, desde o processo de pesquisas, preenchimento, passaporte, embarque... Mas sei que nao vou fazer, entao vou fazer um resumo:





Thais Japa: Veio, parou numa familia louca, entrou de rematch e a CC mandou ela de volta pra casa. Esta vindo again no fim do ano em outro tipo de intercambio.



Thais zizy: Passamos por varias juntas e ate hoje somos mega unidas.
Tiramos passaportes no mesmo dia, fui durmir na casa dela, brigamos de parar de nos falar, voltamos, rimos e choramos juntas. Tah no Top 10 Zizy!!! rs

A Zizy foi pra uma host que parecia de sonhos, mandou uma limosine ir busca-la no treinamento, mas na verdade era uma fdp exploradora. Zizy junto provas e pediu rematch, e finalmente foi morar na familia dos sonhos.

A host dela pagou um cruzeiro pelas Bermudas, paga extra por tudo, e de presente, esta pagando os tickets dela para oBrasil, e quando ela voltar do Brasil, eles vao pra Disney, com tudo pago.
Nem vo comentar muito, olho gordo tah em alta hoje em dia, rs.


Mari Motoqueira
Cansou do programa, arranjou um emprego numa area legal e tah mega feliz.

Carol
Entrou de rematch na primeira semana, ficou com a segunda familia, e nao extendeu. Acho que ela nao curtiu muito o programa. rs

Mane
Esse nao se deu muito bem. Ficou pouco tempo no programa, fugiu dele, se meteu em encrenca e voltou pro Brasil

Nathy
Tah super bem com a familia dela, viajanod bastante.


Por Enquanto eh isso, tenho mais a falar desse assunto, mas vou publicando pq senao vou acumulando, acumulando e nunca blogo.

Bju bju

quinta-feira, 9 de outubro de 2008

Blogando...

10 de outubro de 2007 e 10 de outubro de 2008.

Estou com tantas saudades de casa. Inexplicavel.
Passei a ultima semana pensando que, na proxima semana, deveria ser a minha ultima semana aqui. Que ha um ano atras, eu estava triste por estar vindo e deixando meu pais sozinhos. \o/

Foi dificil, mas consegui sair da saia da minha mae e da asa do meu pai.
Ninguem nunca acreditou que eu fosse passar um ano aqui, muitos me deram 1, 2 ou ate 3 meses como au pair, mas depois voltaria correndo.

No comecinho de tudo, quis voltar mesmo, mas nao tive outra opcao alem de tentar, como ja disse antes e volto a repetir, eu nao me arrependo. Estou feliz aqui, cansada, mas feliz.

Algumas vezes me perguntei pq decidi extender meu ano, um dos objetivos sempre foi melhorar o meu ingles. Em partes ele tem melhorado, minha audicao estao muito melhor, entendo bem, mas infelizmente ainda nao consegui falar muito bem, sempre enrosco, esqueco palavras, troco significados, e nao tenho me esforcado muito pra melhorar isso. Em fato, quando estou off quero mais eh aproveitar meu tempo, com meus amigos, assistindo meus Dvds de ER (plantao medico), meus videos, jogar on line, bater um papo, falar com meus queridos...

Seria muito mais facil aprender estando apenas como estudante, mas essa nao eh uma opcao muito valida pra mim. Passarinho que cria asas tem que voar e criar o proprio ninho. As asas ja bati faz tempo, so nao tenho o meu ninho. Sendo apenas estudante nao tenho como me manter sozinha. Quem eh au pair entende o que estou falando.

Esse primeiro ano tem passado rapido, esta quase no fim, as vezes peco que o proxim passe rapido tambem, as vezes quero que passe devagar.
No fundo, o que eu queria era ficar por aqui, mas nao quero ficar longe daqueles que amo, as pessoas mais importantes da minha vida: Meus Pais.

Todos me perguntam pq nao arranjo namorado e caso por aqui mesmo, a resposta É e sempre vai ser a mesma: Tenho tentado nao criar raizes aqui, tenho que voltar e ficar com meus pais.
Pode ate ser que nao de certo, que eu queira voltar, ou ir para outro pais, mas isso ja eh outra historia.

Morar fora é um otima oportunidade, é uma grande oportunidade, principalmente quando voce vem sozinho e nao tem ninguem para resolver seus problemas, foi assim que eu aprendi e tenho aprendido a me virar. Confesso que meus hosts e a Emilly sempre me dao uma mao quando necessario, mas tenho aprendido o valor de cada coisa, tenho aprendido a esperar sem reclamar pra ter aquilo que eu quero. Aprendi a gastar dinheiro com coisas que nao queria, mas que sao necessarias (estou falando por exemplo, do seguro saude da CC que vou renovar).

Existem pessoas que ao ler isso, e algumas ja me falaram, querer ficar aqui nao é egoismo, é querer mudar de vida, crescer, ter uma oportunidade melhor.
No meu caso vejo como egoismo sim, tenho meus pais me esperando com as promessas que deixei. Nao quero quebrar as promessas que fiz a eles!

Muitos nao entendem o que quero dizer, ou o que eu sinto em relacao a isso, vou tentar explicar:
Sou filha do segundo casamento do meu pai. Tenho duas irmas por parte dele.
Por parte de mae sou filha unica, entao ja foi dificil para ela me deixar vir. Mesmo eu sendo birrenta, sempre fomos apegadas.

Por parte do meu pai, sempre fui a que tive mais atencao, obvio, morando junto eh sempre mais facil. Meu pai eh meio desligado por natureza, minhas irmas nunca entederam isso, e espero que nao venham a ver isso tarde demais.
Sempre brigaram muito com ele. Ele nao eh santo, mas sabe o que bem engracado?

Elas sempre julgaram ele por ele nao ligar em natal, ano novo, pascoa, dia da arvore, dia do arco iris.... Espera um momento, quem disse que ele nunca ligava? EU era uma que ligava quase todos os feriados de fim de ano. Quem atendia o telefone? As vz ninguem, as vz a mae delas.
Se elas pegavam os recados, eh algo que dificilmente vamos saber.

Enfim, sei que meus pais estao envelhecendo, estao ficando doentes, e eu quero estar la, para aproveitar cada momento que eu possa ter com eles. Demorei pra ver isso, demorei mesmo, mas nunca eh tarde para se consertar os erros. Fui uma filha por muitas vezes danada, ruim, mal criada, sempre tive consciencia disso, mas estou pronta para ao menos tentar ser melhor.

Passado um ano (ou quase um ano) longe de casa, podemos ter a visao de como eh passar a vida sem ter mais aqueles que amamos. Quando meus pais se forem, quero ter a minha mente leve e o pensamento de que Eu estava ao lado deles quando eles precisaram de mim.

Nao quero saber das oportunidades que perderei aqui no EUA. Nao quero pensar nas coisas que deixei de fazer no passado por proibicao do meu pai. So quero estar ao lado deles, dividir tudo o que eu puder, pq sei, que eles ficarao felizes com isso.


No final, só Deus sabe o que vai ser de mim, e espero que possa dividir isso tudo com os meus amados.

Acho que ainda nao comentei sobre isso. Refiz as pazes com uma pessoa do tempo do Banco do Brasil. Por mais engracado que venha a soar, comecamos uma discussao por email, que foi se alongando demais, essa pessoa leu meu blog e deixou um comentario muito maldoso. Apos esse comentario, comecamos a conversar, e chegamos num ponto, aonde tivemos que esclarecer muitas coisas. Voltamos a ser amigos.

Nao entendeu?
Tenho tentado perdoar e ser perdoada por pessoas que fizeram parte da minha vida.
Tenho obtido sucesso, e isso me deixa feliz.
Infelizmente ha pessoas que tento, mas TENTO mesmo perdoar, mas nao tem como.
Um dia quem sabe....

quarta-feira, 1 de outubro de 2008

Rosh Hashanah

Epoca de feriados? Significa festa com a Grande familia reunida.

Confesso que antes de vir fiquei MUITO encucada com a religiao dos meus hosts, como seriam as festividades e tradicoes. Hoje nao posso esperar pra ver a familia reunida! Eh sempre muito bom, toda vez, acabo conquistando um pouquinho mais da familia, conhecendo mais pessoas, e o melhor, acabo ganhando mais conhecimento na cultura deles, que por sinal, eh muito bela.

Essa semana foi comemorado o Hashashana, que é o nome dado ao ano-novo no judaismo.

Encontrei a Bettina (au pair da irma da minha host mom), assim ficavamos conversando e atualizando os planos que temos. Nao sei se ja falei dela, um doce de menina, eh austriaca.

Uma das tradicoes nesse feriado, eh "Dip Dip" (juro, esqueci a palavra em portugues), como se fosse "Mergulhar"um pedaco de maca no mel, para ter um Sweet New Year (um doce ano novo).

Algumas pessoas fazem um pequeno discurso, e quem fez foi a Aunt Marilyn, quase nos fez chorar. Falando sobre a mae dela (avo da Jen). Muito bonito como as pessoas dessa religiao sao ligadas a familia, muito mesmo.

Desviando um pouquinho o assunto, um dia desses apareceu um topico, aonde abordavamos "Escolha de Host Family".
Fui criticada por dizer sem medo, que nao iria morar numa familia de Single Father e nao iria morar na casa de Gays Mother ( aqui o bicho pegou).
Continuo com a mesma opiniao, algumas meninas ate me fizeram refletir com seus posts, mas sinceramente, nao iria dar certo pra mim. Primeiro, pq meus pais iriam surtar la no Braza, segundo, eu respeito, e quem me conhece sabe que respeito mesmo a opcao sexual de cada um, mas acredito que o homem foi feito pra mulher e vice versa. E mesmo eu nao indo mais a igreja, acredito muito na palavra do Senhor. Quem leu ou le a biblia sabe que Deus eh contra esse tipo de religiao.
Enfim, e se eu tivesse feito como algumas disseram no topico, que temos que estar aberta a todas as possiblidades, sermos bem flexiveis, sera que eu estaria tao feliz como estou?

Cada um tem que escolher sua host family de acordo com a sua criacao, com a sua personalidade. Agradeco voce meu Senhor, por ter me dado a oportunidade de conviver com uma host family que realmente eh uma family pra mim, que me trata como membro da familia, que me ama como tal! Obrigada por ter hosts que me chamam de Third Kid, que riem comigo, que me abracam nos momentos homesick, que estao sempre abertos a tudo o que possa aparecer, que morrem de medo de eu largar a familia, por ter uma familia tao linda como essa.
Thanks My Lord!!!


Facam suas escolhas baseadas no seu coracao, nao pensem nos beneficios que as familias irao te dar, tudo isso, eh um bonus (esqueci a palavra que queria usar em portugues de novo).

No meu proximo post, vou falar sobre as meninas que conheci no orkut, que vieram no mesmo periodo que eu, e como anda a vida de cada uma, quem se deu bem, quem se deu mau, quem deu a volta por cima, quem mudou de vida.



Ah, para aqueles que acompanham meu blog em busca de informacoes, ou sao aqueles parceiros que estao sempre por aqui, Thanks and Welcome to my life!

Para aqueles outros que jogam no outro lado, que estao mordidos de inveja, com raiva pq eu usei pra fazer ciumes em outro e dei um belo de um pe na bunda e tu ainda nao conseguiu superar, mesmo depois de 2 anos e meio terem se passado, para aquelas que estao mordidas por terem tentado roubar meus namorados sem sucesso, para aquelas que tentaram me foder a vida sem nenhum sucesso: Kiss my Ass your piece of crap!


Have a Great Week my Friends

terça-feira, 23 de setembro de 2008

Updating...

23 aninhos. Uhuu!

Mudou Algo? Mudou.

Mudou muito? Sim.

O que mudou?

Quando estou deitada e fico refletindo sobre mim, vejo que eu mudei em muitos sentidos. Coisas que jamais pensei que precisasse mudar, mudaram por si so.


Aprendi a dar mais valor a familia, a correr atras daquilo que estava de certa forma, perdido.

Aprendi a pedir desculpas, estando errada ou nao. As vezes temos que por na balanca e ver se eh valido perder pessoas importantes na nossa vida, por orgulho bobo ou momentos infantis.

Aprendi a amar sem constrangimentos. Agora posso falar: "Eu te amo" ou um simples "To com saudade", sem medo de que as pessoas facam uma ma interpretacao sobre mim.


Continuo com aqueles defeitos que me causam vergonha, um deles, eh nao conseguir perdoar algumas pessoas, e ainda sentir necessidade de (de certa forma) me vingar delas.
Tenho tentado mudar isso, mas infelizmente nao tenho obtido sucesso. Quem sabe nao acontece naturalmente tambem?

Em mais um ano de vida, em um ano de "Estaduzunidos", aprendi que nao existem barreiras para os sonhos. Voce quer? Va em busca da realizacao!!!

Nao fique sentado, pensando se poderia dar certo ou errado. As certezas da vida so vem quando fazemos algo para te-la em maos.



Uma duvida que vem me seguindo por tempos, eh a questao sobre faculdade...
Desde pequena respondo a todos que perguntam o que eu gostaria de ser quando crescesse "Quero ser veterinaria".
Isso ficou esquecido, foi mudado, foi reacendido, e agora tenho os planos de retomar a decisao!
Nao veterinaria, e sim medica. Possivelmente tentarei o caminho de Traumatologia.



Pode ser que eu nao me encaixe, pode ser que eu mude, mas nesse momento, meus planos sao terminar meu segundo ano como au pair, voltar para o Brasil, fazer cursinho (convenhamos, estou desatualizadissima!) e prestar vestibular.


Ouve progresso depois daquele post, no qual eu citei que nao sabia o que queria fazer, quantos filhos ter, quais os nomes. Clique aqui para ler (planos futuros)
Ja sei o que quero ser, os nomes dos meus filhos e o pq desses nomes



A minha vida realmente mudou. Por vezes sinto falta de quem eu fui, mas estou feliz em ser quem eu me tornei.



sábado, 20 de setembro de 2008

B Day!

23 anos.
Sem rumo, sem dinheiro, sem nada!! kkkk

Pensando seriamente em voltar pra fazer cursinho e faculdade de medicina. Casar e cuidar da minha familia.

Querendo mochilar pela Europa em Busca de sonhos adormecidos.

Mas por enquanto, so me preparando pra ir pra Balada.



...
Voltei de Maine no Domingo a noite.

Lugar Lindooo! Certeza de que voltarei assim que puder, e tambem quero passar por New Hampshire.
Got an Affair there too, but I may talk about this later.

terça-feira, 9 de setembro de 2008

Maine

Going to Maine!


Indo relaxar, semana que vem eu volto.

quinta-feira, 4 de setembro de 2008

Blogando...



Oh vida que caiu na rotina! Num to aguentando mais!

Comeco o post de hoje reclamando de mim mesma, afinal, sou eu que nao faco nada pra sair da rotina.

Semana passada meus hosts foram viajar, e por opcao minha, fiquei em casa. Obvio, queria mesmo descansar. Minha host foi na quarta com as kids e meu host foi na quinta a tarde. Descansei bastante (off/folga de quinta a segunda).

Eu ja estava meio deprimida, bem homesick! Falta dos amigos, de gente da minha idade, de ver gente no metro, de paquerar... Quem mora em Sao Paulo e tem que pegar metro, vive naquela correria, sabe do que eu to falando. Por muitas vezes eh um porre, mas voce tem a sensacao de estar vivo (e bem vivo!).

Sexta feira fui pra White Plains nuns barzinhos da vida. Fui forcada a ir, falando serio. Mas foi bom, fui paquerada, puxaram papo comigo, morenos lindos, pena que a tonta aqui tah meio enferrujada! =P

Sexta agora estou ind novamente, quero nem saber, esse negocio de ficar so em casa cansou! PAREI!

Final de Semana que Vem to indo pro Maine, depois eh meu B-Day e depois faco um ano de EstaduzunidusdasAmericas!



Fui me!


Obs.: Para os meus amigos baladeiros de Plantao no Brasil:

segunda-feira, 1 de setembro de 2008

Even Angels Fall.

You found hope, you found faith
Found how fast she could take it away
Found true love, Lost your heart
Now you don't know who you are

She made it easy, she made it free
Made you hurt 'til you couldn't see
Sometimes it stops; Sometimes it flows
But baby that is how love goes

You will fly and you will crawl
God knows even angels fall
No such thing as you lost it all
God knows even angels fall

It's a secret that no one tells
One day it's heaven, one day its hell;
And it's no fairytale, take it from me
That's the way its supposed to be

You will fly and you will crawl
God knows even angels fall
No such thing as you lost it all
God knows even angels fall

You laugh you cry no one knows why,
But oh the thrill of it all
You're on the ride; you might as well open your eyes

You will fly and you will crawl
God knows even angels fall
No such thing as you lost it all
God knows even angels fall

Even angels fall

sábado, 23 de agosto de 2008

Um ano atras.

Copiando descaradamente a ideia da minha amiga Zizy, faco um post descaradamente igual ao dela. (Blog da Thais).

Ha um anos atras, eu estava conversando com os meus atuais hosts. (Clique aqui)
Quais nao eram as minhas expectativas naquela epoca, a ansiedade de saber como meu ano como au pair ocorreria, se passaria por rematch, se eles seriam bons.

Ha realidade eh que depois de eu fazer o match oficial com eles, me bateu um arrependimento tao grande, que eu queria desfazer o match, queria correr e chorar. Nao desfiz o match pq ja havia desfeito outros 2, um havia dado errado e eu estava literalmente cansada de ficar nesse empolgacao de falar com familias, gostar deles e eles nao gostarem de mim, e vice versa.

Hoje sou grata a Deus pela oportunidade que me foi dada.
Amo de verdade meus hosts, eles sao mega especiais, sao uma segunda familia. Nao passei por nenhum momento ruim, ao contrario, muitas experiencias boas.
Renovei meu ano com eles, e ja pensamos numa possivel mudanca de visto.

Minha host que me fazia surtar de medo antes de vir, eh uma das minhas melhores amigas aqui, ela eh "pau pra toda obra". Cabeca aberta, divertida, e o meu host tambem.
Meus bebes sao lindos, algumsa vezes me dao um trabalho do caralho, mas eu me sinto feliz com eles, no fundo sei que os amo e que eles fazem birra por serem criancas.


Acredito que ha uma au pair certa pra cada familia, e se voce nao esta feliz, eh so tentar a sorte mais uma vez e arriscar.

Beijinhos

quarta-feira, 20 de agosto de 2008

"Ferias."

"Ferias" em Massachusetts.

Saimos (eu e minha host family) de casa por volta de 10:45am e chegamos ao nosso destino por volta das 13:00 e alguma coisa. Chegamos, fomos ao banheiro e ja saimos pra ir comer. Fomos a um Irish Pub (Bar Irlandes), comemos la, voltamos pra casa, desempacotamos, jantamos e dormimos.

No domingo fomos ao Lee Outlet, andamos, comemos, fomos andar mais...
Eu particularmente nao gosto muito de fazer compras sozinha, mas como nao tinha outro jeito, fui andar bymyself!
Comprei um casaco branco, muito lindo. Vi outros que mesmo estando 75% off era um absurdo de caro, lindoosss, mas caros.

Fui na Nine como de praxe, botas lindissimas!
Deixei passar batido uma bota e agora to doida querendo voltar la, dependendo deles pra me leveram e to vendo que nao tah acontecendo... Meu, fui burra! Bota pra andar na neve por 30 dolares!

Segunda e Terca fiquei em casa cuidando do bebe, que esta doente. =/
Tudo bem, tenho em mente que ELES estao em ferias, tenho que tentar facilitar ao maximo pra eles curtirem.

Hoje (quarta) nao sei como o meu dia vai ser, tem sido meio estressante pq meu menino nao gosta muito de dormir no berco, e quando ele esta doente nao posso forcar a barra, pq ele vomita.

Eh dificil cara, tem horas que meus bracos doem! Nossa, e esse banheiro, a merda do vaso sanitario... tu so pode fazer xixi, se fizer o numero 2 ele entope! Fala serio.

Hoje eles vao levar o menino ao medico de novo, nao sei o que vamos fazer. Alias, eu sei que provavelmente vou ficar assistindo ER (Plantao Medico em Portugues).

Continuo o Post assim que tiver mais novidades.

domingo, 17 de agosto de 2008

Planos Futuros.



Ah o futuro... Algo que realmente me tira o sono ao inves de me dar paz.

Penso se volto para o Brasil no proximo ano como previsto, se mudo meu visto e fico estudando por aqui, se tenho coragem pra encarar um novo ano como au pair na Europa ou Canada.
Muitas vezes me pego pensando naquilo que eu realmente desejo fazer, mas eu nao consigo ser tao egoista enquanto estou apenas pensando ou planejando meu futuro, creio que seria egoismo meu deixar meus pais com a esperanca de que daqui um ano e meio estarei em casa enquanto eu me divirto, cresco, estudo, sonho e vivo pelo mundo afora.

No dia em que estava no aeroporto indo de ferias para o Brasil, encontrei alguns brasileiros, entre eles uma senhora na qual passei um longo tempo conversando. Ela me dizia pra eu nao ficar pensando nos outros, pq eu tenho que viver a minha vida, tenho que construir o meu castelo. Mas eu nao seria completamente feliz sem ter os meus pais ao meu lado.

Um pensamento um tanto confuso eu sei. Confesso que tenho medo de nao estar perto quando meus pais precisarem (espero que eles nao precisem nesse modo no qual eu tenho tanto medo), tenho medo de que algo aconteca enquanto estou longe.

Enfim, esse eh um momento muito dificil pra mim. Nao sei se sou apenas eu que penso dessa forma. Gostaria de Morar por um tempo na Franca ou Italia. Em breve comecam as minhas aulas de frances e Italiano, estou apenas esperando a resposta da cultural care sobre os creditos. Nao sei se os creditos que eu venha a obter esse ano serao validos para o meu ano extendido.

Sabe, eu sou aquele tipo de pessoa que vive perdida no mundo, nunca acha seu lugar perfeito, se eh que este existe.

Algumas vezes tento fazer o "modo balanca", aquele em que voce tenta pesar as coisas pra ver qual pesa mais e assim segue o lado que mais pesa. Penso em fazer uma faculdade, nao importa se aqui ou no Brasil, o fato eh que mesmo com 22 anos, ter feito cursos como o de web designer, faculdade de marketing (incompleta), tecnico em secretariado(incompleto), eu ainda nao sei o que eu realmente desejo fazer da vida. Que faculdade, que mestrado, em que igreja casar, quantos filhos, os nomes das criancas, casa ou apartamento, carro, cachorro ou gato, ferias na fazenda ou na praia... Sabe aquelas coisas que voce escolhe aqui, no hoje e essas te seguem pela vida toda? Eu sei que estou perdendo muito tempo, e que ja perdi muitissimo tempo com essas duvidas, mas eu nao sei o que fazer, infelizmente!

Uma das coisas que me conforta eh a musica do Pedro Bial aonde ele diz:
"Não se sinta culpado por não saber o que fazer da vida. As pessoas mais interessantes que eu conheço não sabiam, aos vinte e dois o que queriam fazer da vida. Alguns dos quarentões mais interessantes que eu conheço ainda não sabem." Filtro Solar

As vezes acho ilusao querer falar tantas linguas, muitas vezes me pego frustrada quando me esforco pra falar uma palavra em ingles e ninguem entende. Eu sei que nao tenho dado o melhor de mim pra aprender, que tenho sido iludida por mim mesma na questao de compras, meu pensamento antes de vir seria apenas gastar meu dinheiro com os estudos e isso ainda nao aconteceu.
Estabeleci uma meta para o meu proprio bem: Tenho ate o final desse ano de 2008 pra comprar todas as besteiras que eu quero (wii, x box, psp3, dvd de seriados, bolsas, sapatos etc).
Meu ano de 2009 tem que ser dedicado aos estudos e viagens, ponto final, sem discussoes! rs
"Complicada e Perfeitinha Voce me Apareceu...."

sábado, 16 de agosto de 2008

Vaidade e Au pair - Palavras que nao combinam.

Resolvi escrever isso depois que minha menina de dois anos resolve me falar" Viviane, voce nao vai pentear o cabelo nao?".

Hahaha

Eu nao aguentei mesmo, gargalhei na hora.

E realizei que minha vaidade eh algo que sempre fica para ultimo plano, e isso tem me afetado.
Na minha casa no Brasil, voce encontra espelhos por todos os lados, aqui tem 3 espelhos na casa toda: Um no meu quarto, um no banheiro e um pequeno na entrada da casa, no qual eu nao consigo me ver pois esta muito alto.

Lembrei que por mais que eu nao me vestisse ou maquiasse como uma MISS, eu tentava sempre ter algo diferente e sempre tinha tempo pra uma ajeitadinha. Coisa da qual faz parte do meu passado.

Nao tenho tempo pra nada, nem pra fazer chapinha direito, nem me maquiar durante o dia, nada...


Eu tento, juro que tento, mas nao consigo.

Tentei fazer um plano pra acordar um pouco mais cedo e me arrumar. Certo, acordei 7 da matina, arrumei cabelo, fiz maquiagem, combinei roupas, brincos, tudo, mas quem disse que isso durou?

Quando morando no Brasil eu arrumava tempo, acordava mais cedo sem preguica, fazia escova, chapinha, enrolava as pontas do cabelo, sempre de salto alto (ou ao menos sempre que possivel).
Acho que pq la, era aquele esquema de "vc esta sendo observada". Quando trabalhava no banco estava sempre arrumadinha.

Eh minha amiga, isso de trabalhar e morar na mesma casa algumas vezes te fode a vida! Vc se arruma pra quem te notar? As kids?


Algumas vezes sinto Falta do Brasil por causa disso....

terça-feira, 12 de agosto de 2008

Novo Recurso...

Quem le esse titulo imagina que fiz ou farei uma grande mudanca no blog.

Bom, o novo recurso eh, no menu ao lado, procure por ¯`» Fotos «´¯, escolha o album que desejar e pode curiar a vontade.
Guarde seus comentarios dos meus cabelos baguncados, se fico melhor loira, morena ou ruiva, marcas de espinha, quilinhos a mais, wherever, pra voce e exclusivamente voce! Eu ja sei de tuuudo isso!




Vou ficar sem atualizar o blog por um periodo de tempo razoavel, ja que irei viajar com a minha familia para massachussets, depois vem o Brazian day, e depois irei para o centro de Boston.

Obrigada por todas voces que sempre dao um pulinho aqui.

domingo, 10 de agosto de 2008

Blogando...

Ola pessoas!

Depois que coloquei esse "Aonde voce esta" aqui no blog, pude ver em que diferentes localidadesdo mundoeu tenho leitoras(es) do blog! Entre eles Brasil (maioria dos leitores sao de la), Eua, Portugal, se eu nao me engano Europa tambem.
Obrigada por todos que semprem dao uma passadinha aqui!

Como novidades nao tenho muita coisa a dizer!
Acho que a Homesick esta voltando, pq eu morro de saudade de casa, e faz um bom tempo que estou assim.

Terminei meu curso de ingles. Finally!!!
E o mais engracado, no ultimo dia de aula, o Justin resolveu ficar de gracinha comigo! Ah para neh! Tu casou nao te quero mais nao!

Como planos de estudo, pretendo continuar com o ingles e comecar frances e italiano. Essa semana fui na Borders (livraria) e comprei alguns livros: Frances para iniciantes, Italiano para iniciantes, os respectivos dicionarios. Falando em livros, esse mes me deu uma "comichona" por livros! Umas semanas atras, fui na Borders e comprei varios livros!
Depois de um tempo aqui parece que o cerebro comeca a atrofiar, voce nao aguenta ficar sem estudar!
Nao tenho do que reclamar da minha vida de au pair, mas passar muito tempo com criancas, me deixa cansada, e depois sem vontade de sair, sendo assim, nao tenho muito tempo livre pra ficar com os meus amigos, ou seja, nao passo muito tempo com pessoas da minha idade.. O cerebro vai atrofiando, pois voce nao tem com quem conversar!



As Mudancas
Mudanca no sentido literario da palavra. Dona Renatinha cansou da vida de au pair, cumpriu o prazo que a familia deu e foi morar com o namorado brazuca.Tah mais feliz agora.
Agora eu fico um pouco triste, pois minha amiga de "trabalho", por assim dizer, esta bem longe.
Era muito bom quando juntavamso todas as criancas, assim elas brincavam entre si e tinhamos um pouco de sussego.


Vegetarianismo
Acabou nao dando muito certo. Pode ser coisa da minha cabeca, mas acredito que o estado que cheguei (muito irritada/ nervosa) foi por parar de comer frango. Acreditem se quiser, quando voltei a comer o bendito frango, voltei ao normal.
Mas ainda quero ser vegetariana, pelos animais! Confesso que adoro carne de frango.


Agora em Agosto ocorre o Brazilian day.
Thais ja marcou de ficar na minha casa, irei encontrar a Janjinha, Mari motoqueira... quem sabe quem mais neh?!

Por enquanto so isso... Eu tinha mais coisas pra escrever, mas esqueci, rs.

sexta-feira, 25 de julho de 2008

Protetor Solar

Esses dias fiz um novo sobre mim em um site, e mostrei deixei um recado
para uma amiga, e ela me disse que eu havia falado como o Pedro Bial na musica dele.
Fui procurar a musica, e nao eh que tem haver?!




Filtro solar!
Nunca deixem de usar o filtro solar
Se eu pudesse dar só uma dica sobre o futuro
seria esta: usem o filtro solar!
Os benefícios a longo prazo do uso de Filtro Solar
estão provados e comprovados pela ciência,
Já o resto de meus conselhos não tem outra base
confiável além de minha própria experiência errante.
Mas agora eu vou compartilhar esses conselhos com
vocês...

Aproveite bem, o máximo que puder, o poder e a beleza
da
juventude.
Ou, então, esquece... Você nunca vai entender mesmo o
poder e a beleza da juventude
até que tenham se apagado.
Mas pode crer que daqui a vinte anos você vai evocar
as suas fotos,
E perceber de um jeito que você nem desconfia hoje em
dia,
Quantas, tantas alternativas se escancaravam a sua
frente.
E como você realmente estava com tudo em cima,
Você não está gordo ou gorda...

Não se preocupe com o futuro.
Ou então preocupe-se, se quiser, mas saiba que
pré-ocupação é tão eficaz quanto mascar chiclete para
tentar
resolver uma
equação de álgebra.
As encrencas de verdade em sua vida tendem a vir de
coisas que nunca passaram pela sua cabeça preocupada,
E te pegam no ponto fraco às 4 da tarde de uma
terça-feira modorrenta.

Todo dia, enfrente pelo menos uma coisa que te meta
medo de verdade.

Cante.

Não seja leviano com o coração dos outros.
Não ature gente de coração leviano.
Use fio dental.

Não perca tempo com inveja.
Às vezes se está por cima,
às vezes por baixo.
A peleja é longa e, no fim,
é só você contra você mesmo.

Não esqueça os elogios que receber.
Esqueça as ofensas.
Se conseguir isso, me ensine.
Guarde as antigas cartas de amor.
Jogue fora os extratos bancários velhos.

Estique-se.

Não se sinta culpado por não saber o que fazer da
vida
As pessoas mais interessantes que eu conheço não
sabiam, aos
vinte e dois
o que queriam fazer da vida.
Alguns dos quarentões mais interessantes que eu
conheço ainda
não sabem.

Tome bastante cálcio.
Seja cuidadoso com os joelhos.
Você vai sentir falta deles.

Talvez você case, talvez não.
Talvez tenha filhos, talvez não.
Talvez se divorcie aos quarenta, talvez dance ciranda
em suas
bodas de diamante.

Faça o que fizer não se auto congratule demais, nem
seja severo demais com você,
As suas escolhas tem sempre metade das chances de dar
certo,
É assim para todo mundo.
Desfrute de seu corpo use-o de toda maneira que puder,
mesmo!!
Não tenha medo de seu corpo ou do que as outras
pessoas possam achar dele,
É o mais incrível instrumento que você jamais vai
possuir.

Dance.
Mesmo que não tenha aonde além de seu próprio quarto.
Leia as instruções mesmo que não vá segui-las depois.
Não leia revistas de beleza, elas só vão fazer você se
achar feio

Refrão: Brother and Sister
Together we'll make it trough
Someday a spirit will take you
And guide you there
I know you've be hurting
But I've been waiting to be there for you
And I'll be there just helping you out
Whenever I can

Dedique-se a conhecer seus pais. É impossível prever
quando eles
terão ido embora, de vez.
Seja legal com seus irmãos. Eles são a melhor ponte
com o seu
passado e
possivelmente quem vai sempre mesmo te apoiar no
futuro.

Entenda que amigos vão e vem, mas nunca abra mão de
uns
poucos e bons.
Esforce-se de verdade para diminuir as distâncias
geográficas e de estilos de vida, porque quanto mais
velho você ficar,
Mais você vai precisar das pessoas que você conheceu
quando jovem.

More uma vez em Nova York, mas vá embora antes de
endurecer.
More uma vez no Havaí, mas se mande antes de
amolecer.

Viaje.

Aceite certas verdades inescapáveis:
Os preços vão subir, os políticos vão saracotear, você
também vai envelhecer.
E quando isso acontecer você vai fantasiar que quando
era jovem os preços eram razoáveis, os políticos eram
decentes,
E as crianças respeitavam os mais velhos.
Respeite os mais velhos!!
E não espere que ninguém segure a sua barra.
Talvez você arrume uma boa aposentadoria privada.
Talvez você case com um bom partido, mas não esqueça
que um dos dois de repente pode acabar.
Não mexa demais nos cabelos se não quando você chegar
aos 40 vai aparentar 85.

Cuidado com os conselhos que comprar,
mas seja paciente com aqueles que os oferecem.
Conselho é uma forma de nostalgia.
Compartilhar conselhos é um jeito de pescar o passado
do lixo,
esfregá-lo,
repintar as partes feias e reciclar tudo por mais do
que vale.

segunda-feira, 21 de julho de 2008

Maos de Deus.

Fico muito feliz e agradeco a Deus pela sua protecao!

Deus eh uma pessoa que tem me protegido tanto! E em muitos sentidos...

Um dia desses, estava eu dirigindo para ir a casa da Emilly, e tem uma curvinha perto da casa dela muito estreita... O cara que vinha na outra faixa estava bem no meio da pista... Quase que foi!!
Ele bateria na frente do meu carro e o carro atras de mim na minha traseira!

Esse final de semana, eu dirigindo pra levar a Emilly pra casa, no mesmo lugar, eu conversando com ela, vem um carro no mei0 da pista, do mesmo jeito do anterior, e do nada a buzinha do meu carro toca bem alta e longa... Eu assustei, pq nao tive a intencao de buzinar, e foi ai que realizei que so podia ter sido Deus! Pq se a buzina nao toca, o outro cara teria batido em mim.

Antes que falem "Voce poderia tentar desviar", nao tem como, do meu lado da faixa eh um morro.


Aproveitando que estou falando desse caminho pra casa da Emilly....

No comeco era divertido, mas agora esta ficando cabuloso demais... Toda vez que eu volto da casa dela tarde da noite, eu sei que vou me assustar!
Sabe a iluminacao de rua? Tem dois postes que toda vez eu eu passo por eles, a luz apaga!

Velho, parece piada, mas eh assustador.... Como eu ja sei que isso vai acontecer, eu abro o vidro do carro, ligo o som alto, e passo voando por ali!



Bom, esse final de semana, fizemos uma festa junina na casa da Emilly...

Logo logo (na verdade quando comprar meu proximo laptop) irei atualizar o blog e por todas as fotos que tenho em links, assim fica mais facil pra mim e pra quem acompanha o blog.





Beijao a todos.

quarta-feira, 16 de julho de 2008

Saudade de Casa.

Morrendo de saudade de Casa, dos amigos mente aberta, da comida da mae, do aconchego do lar.



Sorri quando a dor te torturar
E a saudade atormentar
Os teus dias tristonhos vazios

Sorri quando tudo terminar
Quando nada mais restar
Do teu sonho encantador

Sorri quando o sol perder a luz
E sentires uma cruz
Nos teus ombros cansados doridos

Sorri vai mentindo a sua dor
E ao notar que tu sorris
Todo mundo irá supor
Que és feliz

Charles Chaplin

domingo, 13 de julho de 2008

Ovolactovegetariana. Expondo meus pensamentos.

Eh, eu virei ovolactovegetariana.

Virei pela natureza, pelos animais, enfim, acho que virei pelas razoes certas. Nao fui influenciada por nenhuma moda ou amigo.

Estou lendo um livro chamado Skinny Bitch, que apesar do nome bizarro eh um bom livro. Aprendi o que certos tipos de comida ou bebidas fazem ao nosso corpo. Tenho aprendido o que o meu corpo precisa, o tipo de reacao que as comidas erradas provocam .

Enfim, eu recomendo o livro.

Voltando ao assunto vegetarianismo, antes de eu ir continuar escrevendo o que eu penso, quero deixar bem claro que nao estou postando isso para tentar mudar a cabeca de ninguem. Nao tenho nenhuma amiga aqui, que possa de mente aberta discutir isso comigo, entou vou expor aqui tudo o que estou pensando nesse momento. (Sica, Babi, Caramelo, Paulinha e Vivi, Saudade de discutir isso com voces).
Muitos tentaram mudar meus habitos "carnivoros" e isso so aconteceu na hora que tinha que acontecer.
Se voce nao tem coragem ou sabe que sua consciencia vai ficar pesada, eh melhor parar de ler por aqui, nem assista aos videos.

Mas se voce tem coragem para assistir aos videos e falar "assisti aos videos, sei como os animais morrem, mas mesmo assim quero continuar comendo carne" voce sera uma das poucas pessoas que tem meu respeito. Eu admiro e muito aqueles que tem coragem de falar o que pensam, de dialogar com respeito e o melhor, respeito aqueles que procuram saber como as coisas acontecem, aquelas pessoas curiosas, que sabem em quem votam e o por que de escolher esse candidato, por exemplo. Deu pra entender meu ponto de vista?
Nao? Simples: Nao gosto do comentario "Nao vou assistir aos videos, do contrario nao irei mais comer carne".
PORRA VELHO, voce sabe que tem algo errado acontecendo e mesmo assim fecha os olhos pra nao ver? Depois nao sabe pq o seu amado pais vive se fodendo!

(E me desculpem os palavroes!)


Existe um site chamado Goveg.com que oferece um kit com dicas, fala sobre a mudanca do habito, e eh gratis! Clique aqui para ordenar o kit. Tenho quase certeza de que eles entregam no Brasil.

Vou comecar a postar links de videos, se voce eh da lista dos que se fingem de mortos, chegou sua hora de dar linha na pipa, ou seja, VAZAR!

Galinhas




Porquinhos




Vacas - Como se castram, marcam a ferro..




Peru - Turkey



PETA: razões para se tornar vegetariano
http://www.youtube.com/watch?v=FV4g2mFjtbw


McDonalds, do que são feitas essas batatas?
http://www.youtube.com/watch?v=crcAffrNk1s

Sobre seu lanche e sua Coca
http://www.youtube.com/watch?v=N9MfNyxi9m0



E um outro assunto interessante: Animal Testing.

Voce ja parou pra pensar que testes em animais sao crueis, e desnecessarios? Nosso corpo eh muito diferente do corpo de caes, gatos, macacos, coelhos. Alem do que esses procedimentos sao procedimentos Nao cientificos!
A ciencia eh progresso! Progesso nao eh feito de fatos contraditorios, todos sabemos que fumar eh prejudicial a saude, e como foi dito em um dos videos, pra que fazer os animais inalarem fumaca de algo toxico se ja conhemos as consequencias?

Eu faco parte do boicote as empresas que testam em animais.
Testes em animais
Empresas que testam em animais Nacional (Brasil)
Empresas que testam em animais Internacional
Empresas que nao testam


PeTA Anti Animal Testing
http://www.youtube.com/watch?v=0QRBcHIIsXc


Alguem ja ouviu falar em Vivisseccao?
Uma pequena definicao do significado: A vivissecção é o ato de dissecar um animal vivo com o propósito de realizar estudos de natureza anatomo-fisiológica.

Um outro ato cruel, ainda adotado no Brasil.
Uma definicao um pouco mais prolongada:
Na terminologia dos defensores de animais, é generalizada como qualquer uso de animais vivos em testes laboratoriais (testes de drogas, cosméticos, produtos de limpeza e higiene), práticas médicas (treinamento cirúrgico, transplante de orgãos), experimentos na área de psicologia (privação materna, indução de estresse), experimentos armamentistas/militares (testes de armas químicas) , testes de toxicidade alcoólica e tabaco, dissecação, e muitos outros.

Eu resolvi escrever sobre vivisseccao tambem, pq lembrei que em muitas faculdades de primeiro mundo, esse tipo de tecnica ja foi abolido. Hoje se usam prototipos. Coisas que as faculdades particulares brasileiras poderiam adotar facilmente.

Bom, deixo aqui meu protesto, meu desabafo...


So pra fechar o assunto: Eu respeito quem come carne, so nao concordo. Se tiver alguem mente aberta, que queira discutir o assunto, deixa uma mensagem, vamos discutindo via blog.

terça-feira, 8 de julho de 2008

South Carolina - Pos Ferias!

Minha querida leitora, nao enrolarei voce nao!
Essas ferias foram do balacubaco!

Sai de casa sexta feira (dia 27) as 11 da noite, e a viagem durou 20 horas. Acredite se quiser!

Primeiro um carro lotado: 8 pessoas num carro, algumas valiam por 2, entao faca as contas...
Supostamente iriamos em 2 carros, mas um amigo nosso fez o favor de dar perda total em um carro, entao fomos igual fusca de circo (sabe aqueles fusquinhas aonde nao param de sair palhacos?).

Uma ou duas horas de viagem nosso amigo cabeludo, conhecido como Hagrid ou Chewbacca (nao sabe de quem estou falando? clique no link) resolveu nos presentear com um vomito surpresa!

Maravilha, paramos em Maryland para fazer a limpeza do carro. Depois de tudo limpo seguimos viagem.
Confesso que nao pretendo viajar novamente com o mesmo numero de pessoas e nem com o mesmo numero de horas em um carro. Eh complicado. O tempo que levamos pra ir, seria o tempo de ir para o Brasil, falar "Oi" para os meus pais e voltar!

Tirando algumas "adversidades", a viagem foi boa.
Era dificil pq ninguem tinha os mesmos planos para o dia, e so tinhamos um carro. Mas eu curti vai, praia, piscina, praia e piscina. Tudo o que EU queria.

O Hotel que ficamos era bonzinho. Fica perto do outlet da Nike.
Comprei 3 sandalias, uma na Central Body, uma na Nine West e uma numa loja que nao me lembro o nome.

Um fato estranho ocorreu, gostaria de saber se aconteceu isso com mais alguem:
Durante as compras usei meu cartao de credito, em algumas lojas ele foi aceito, mas em outras o sistema nao reconhecia (Ele eh Visa), uma moca me falou que eh pelo fato de ser estrangeiro, mas ele nao deveria funcionar em todos os lugares do mundo?

Depois de diversao e estresse, voltei a rotina, trabalhando, pensando na vida....

quarta-feira, 18 de junho de 2008

Blogando...8 meses!

8 meses que passaram numa piscadinha!

Algumas vezes quando nao tenho nada pra fazer fico pensando no passado (eita nostalgia!), lembrando de momentos maravilhosos da minha vida, dos momentos tristes, o que cada momento me ensinou.

Ha alguns meses atras eu lembro de um estresse que tive por causa de uma familia de Ohio! haha
Nossa, a maior tontice! (pra quem nao lembra ou quer relembrar clique aqui).
Mas analisando bem, foi a melhor coisa que aconteceu! Se essa mulher nao tivesse mostrado as garras a tempo, eu seria mais uma au pair infeliz e teria perdido de ter feito o match com essa familia que eu tanto amo.

Tenho paixao sim por eles, e mesmo que um dia algo aconteca, nao me arrependo de dizer: Sou uma au pair feliz SIM! Mesmo ganhando bem menos que muita nanny que trabalha bem menos que eu eu.

Trabalho as 45 horas, meus hosts nao me enchem de presentes, mas sao carinhosos comigo, me respeitam, admiram meu trabalho, e sao uns amores.

Minha host sabe o que eu gosto e o que eu nao gosto de comer, e quando cai so supermercado compra as besteirnhas que eu gosto! Se eu comento que quero fazer algum tipo de comida e nao acho os ingredientes, ela pede detalhes e acha pra mim, se quero comprar algo mas nao sei aonde ela se informe e me ensina. Se interessa pelos meus assuntos e ate pelas minhas amigas. Sempre ficamos fofocando, uma irma pra mim.

Meu host eh doidinho de tudo, parceiro para Assistir Star Wars e pra me zuar por causa dos caras que eu "flirt, date".

Hosts cabeca, amigos, mente aberta!

A Emma eh minha copia em versao menor. Mandona, briguenta, mas eh carinhosa e sorridente, esperta, sabe me comprar!
Ama colocar meus sutias, minhas sandalias, minhas pulseiras, colares, maquiagens. Sempre me deixa em encrencas por que eu deixo ela ser uma mocinha, mas a mae quer que ela seja menina!
Nao me esqueco das broncas que tomo por pintar as unhas delas ou por ensinar a esconder os peitos quando tem alguem por perto (Emma, nao deixa ninguem ver seu peitinho nao!!).
Amo quando vou no banheiro (e ela vai junto) e quando ela ouve o barulhinho do xixi fala: ehh Vivi, you deserve a special treat!!! (Eh Vivi, voce merece uma surpresinha!!)
Pra quem nao entendeu essa ultima parte, toda vez que ela faz xixi no banheiro, ela ganha um doce! Sao tantas coisas que eu amo nessa crianca! Impossivel colocar tudo aqui.
A cada dia uma coisinha diferente me ganha, e eh meio imbecilidade, msa ja sofro com a ideia que um dia terei que dizer Adeus!

Jonah... Esse tira meu sono literalmente!
Mas quem consegue ficar nervosa com um bebe que te quebra o gelo com aquele sorrisinho de poucos dentes?
Amo os beijos de "namorado" que ele da! Amo quando ele me abraca, ou quando fica "assoprando" minhas costas enquanto falo com a minha mae ao telefone. Amo brincar de esconde esconde com esse bebe.
Fico com medo quando olho pra ele e falo: "Jonah, vai buscar tal coisa no playroom" e ele VAI e TRAS o objeto que pedi!
Bebezinho de 1 ano e 2 meses mega inteligente e carinhoso.


Sem contar a familia da minha host family. Comedias demais! Gente bonissima!!

Essa semana renovamos o nosso contrato por mais um ano. E quem sabe talvez depois disso eu nao mude meu visto?



Falando de coisas do coracao, estou interessada num cara, (que espero que nao seja gay). Virei meio que medrosa, nao sei mais chegar nos caras! haha que podrona neh!?
Nao sei se EU nao sei chegar, ou se eu tenho medo, que raios acontece, mas eh aquela historia: Chego perto dele, fico nervosa, nao consigo olhar nos olhos dele por muito tempo, bem coisa adolescente retardada!

Mas seja o que Deus quiser, semana que vem eu vou pedir o telefone dele, chamar pra sair!
Rezem por mim!

E carolina do sul tah chegando!!!

sábado, 31 de maio de 2008

South Caroline.

Mal cheguei do Brasil e ja to planejando minhas proximas ferias.

Estaremos indo pra South Caroline! Praia, calor, gatinhos, amigos, bronzeado... Ah!
Por enquanto a programacao eh sair numa sexta e so voltar no outro domingo.
Milly, Junio, Renata, Silvio, Eu, Zizy e nao sei mais quem estao nesse grupinho. Ficaremos na casa do Fernando, um primo do Junio e amigo nosso.

Estou esperando dona Zizy aparecer por NY pra poder pegar os doces que trouxe pra ela, rs.
Nao sei se voces lembram, Zizy eh uma mocinha que conheci no orkut antes (bem antes) de virar au pair. Tiramos nossos passaportes juntas, brigamos, rimos, zuavamos no orkut e por ai vai.
Eh uma das poucas amizades que sobreviveram do tempo da "Paola Bracho".

Zizy, vamos no divertir muitao viu!! Voce vai adorar!


Fora isso sem muitas novidades, fui ao Six Flag em Massachussets, muito bom.

Parei de tomar as pilulas pra emagrecer, estavam me tirando o sono literalmente. rs

Beijokas e fico por aqui

sexta-feira, 16 de maio de 2008

A volta a rotina

Hhahaha


No Brasil haviam perguntas que todos faziam, um exemplo eh: "Vc ja encontrou com algum artista?"
Nao.

Aqui em NY a pergunta que eu mais ouco eh: E a homesick?
Ela aparece sim, eh dificil deixar quem se ama pela segunda vez, dificil mesmo, mas eu tenho meus objetivos e voltarei pra casa um dia, nao sei quando, mas voltarei.


Recebi um email do escritorio da EF de SP, e vou colocar aqqui.

Beijao a todos.





Nome: Viviane
Data: 16/05/08


Prezada Au Pair,

Estamos novamente nos comunicando para avaliarmos seu Programa de Intercâmbio.

1. Como está seu relacionamento com a "hostfamily" ? Escreva a respeito.
Agradeco muito a Deus. Esse match foi perfeito!!

Temos um otimo relacionamento, conversamos sobre tudo, desde coisas novas que as minhas kids aprenderam a fazer, a falar, planos que eu tenho, atividades que pretendemos colocar as kids, expectativas, ate sobre dates e coisas do tipo conversamos, rs.

Minha host family eh super aberta para todo tipo de conversa, respeitam minhas opinioes, me dao ideias do que fazer. Fazem piadas dos micos que eu pago, nunca gritaram comigo ou me trataram mal, mesmo quando bati o carro deles, rs.
Enfim, pequenos problemas aparecem e sempre vao aparecer, mas o bacana eh o modo como eles (e eu) encaramos isso. A forma como se coloca o problema e como se corrige ele.

2. Você participa de algum grupo na comunidade onde mora, por exemplo: igreja, trabalho voluntário, coral, etc? Comente.
Na verdade nao. Senti dificuldade pra me adaptar ao frio excessivo daqui, algumas vezes fico presa em casa pq nao posso dirigir quando neva ou se ha muita neve na pista. Lembrando que estou aqui ha quase 7 meses e so agora o calorzinho esta aparecendo.
Mas quero deixar claro que agora no verao irei fazer muitas atividades. Serio!

Quero muito fazer trabalho voluntario com animais e/ou pessoas idosas.

3. Está praticando esportes? Quais? Com que freqüência?
Agora no verao comeco natacao, caminhada, patins e talvez volley. Subir montanhas com a host family tambem esta nos planos.

4. Como esta o seu inglês?
Confesso que nao esta tao bem quanto eu gostaria.
Mas a unica culpada sou eu. Preferi me inscrever para os cursos de verao. Rejeitei os cursos na primavera por causa das minhas ferias no Br, que pegariam algumas das aulas e acabariam me prejudicando na carga horaria.

Mas ja consigo me comunicar muito melhor, nao tenho tanta vergonha de falar com desconhecidos, e o meu "listening" melhorou 95%.
Agora eh so me concentrar no accent, que anda matando meu ingles.

5. É comum as participantes se sentirem "homesick" durante o programa. Isto está acontecendo com você? O que você está fazendo para superar essa fase?
Aconteceu comigo.
Creio que acontece com muitas meninas, o choque cultural eh enorme.
Chorei muito no primeiro fim de semana com a familia e no Thanksgiving tive uma crise de choro inexplicavel (vergonhoso) que deixou todos confusos sobre o que estava acontecendo, mas foi o que ajudou a situacao a melhorar, pois meus hosts sentiram que algo estava errado e me chamaram pra uma conversa, que foi a melhor coisa que aconteceu.

Acho que o fato de falar com a minha familia no Brasil TODOS os dias nao ajudava muito, pois a saudade aumentava bastante com isso, nao queria cortar esse tipo de conexao com eles, pois sabia que era uma forma deles nao sentirem tanta saudade, mas ffoi inevitavel, comecei a ligar menos pra casa e fui melhorando bastante.

Tive outra homesick depois que voltei do Brasil agora em maio, mas isso a gente supera, sao fases.

6. Você já "conquistou seu espaço"? Como? Onde? Como você é tratado por seus amigos?
Acho que sim, rs.
Conheci meu atual ciclo de amigos por meio de outra au pair e hoje nao nos desgrudamos mais.

Planejamos viagens juntos, shoppings, ate cineminha de fds. Tudo.

7. Você tem mais amigos americanos ou estrangeiros?
Estrangeiros. Tenho muita amizade com Brasileiros, latinos, Austriacas, algumas Germans.
Americanos apenas alguns.

8. Como você definiria seu programa até agora?
Otimo. Com pontos altos e pontos baixos, mas no geral otimo. O segundo ano esta vindo ai para eu poder aproveitar ao maximo o programa.

9. Você passou ou está passando por alguma fase difícil no seu intercâmbio?
( X ) NÃO ( ) SIM. Como superou ou está superando esta fase?

Fase dificil foi o comecinho, a adaptacao, mas depois disso so tive alegrias.

10. Como estão os contatos de seu (sua) coordenador (a)? Qual freqüência vocês tem contato?
Nao gosto dela, isso eh um fato que todos sabem e faco questao de falar para todos o quao incompetente e mentirosa ela eh.

Ja brigamos pq ela nao me passava os emails dos meetings, mentia que havia alterado meu email (que estava incorreto), comecou a achar que eu deveria fazer o trabalho dela e falsificou um email que mandou pra minha host family, tentando me colocar como uma mentirosa em frente aos meus hosts.

Para o azar dela, salvo todos os emails que recebo e para mais azar ainda, minha host mother estava acompanhando tudo isso junto comigo, e eles so nao mudaram de agencia pq eu nao posso mudar tambem, mas eh quase certeza que quando meu ano de au pair acabar com eles, eles mudarao de agencia.

Pensei em processa-la agora, pois alteracao de documentos eh crime aqui tambem, mas como meu ano esta sendo otimo, deixo isso para depois.


11. O seu programa está sendo um sucesso? Comente
( ) NÃO. ( X ) SIM

Modestia totalmente fora do comentario, mas uma otima au pair e uma otima familia? Sucesso na certa.

12. Este espaço é reservado para você escrever sobre o que você está achando do seu programa e sobre a EF/Cultural Care.


Quero agradecer as menina do escritorio de Sao Paulo que sao Mega prestativas, obrigada a todas que me "escutaram" naquele momento de neura de escolha da familia, e me ajudaram com dicas e tudo mais.

O suporte de voces de SP eh otimo.

Muito sucesso a todos.

domingo, 4 de maio de 2008

As Ferias.

Poste diretamente do Brasil.

Que felicidade. Por alguns momentos pensei em nem voltar, mas estaria desperdiçando as maiores chances da minha vida. Eu tenho uma boa vida, uma familia lá, e isso torna a saudade da minha familia e amigos brasileiros um pouco mais leve.

Voltando ao tema do post...

Quinta feira - 14:30
Fui me trocar e verificar pela milésima vez se todos os documentos estavam ok, tudo certo, me troquei, coloquei as malas no carro fui me despedir... Nao sei se comentei, creio que nao, mas o Jim, Jen e a mãe da Jen estavam com medo que eu nao voltaria mais, me perguntara varias vezes se eu voltaria... Mas isso ja é outra história que fica pra depois.

Passamos no banco e recebi o sálario de duas semanas, a Jen ainda Brincou dizendo pra eu guardar uma grana pra quando voltasse. Ela me levou até a casa da Emilly, e de lá o namorado dela e o Gordinho me levaram pra Newark.

Meu vôo estava marcado para as 10 da noite, mas muitos me aconselharam a ir mais cedo por causa do transito da Av. George Washington.
Paguei aos meninos, afinal, nao eram obrigação nenhuma deles, e eles me quebraram um puta galho, nada mais justo que pagar a gasosa e os pedagios.

Cheguei no aeroporto mais ou menos às 16:30, fiquei muito tempo esperando, e foi dificil pq já estava com comeco de gripe, garganta doendo, menstruada (mentruei duas vezes esse mes, aff, creio que era ansiedade)... comece a ligar para as minhas friends pra matar o tempo e por a fofoca em dia, conheci alguns brasileiros durante esse tempo de espera e o que garantiu uma boa amizade. eram um casal que havia visitado o filho na florida, e perdeu o vôo por causa da filmagem de um filme com a Julie Roberts no Aeroporto.

Conversa vai, conversa bvem, hora de Check in.
Tira laptop, tira bota, tira jaqueta, tira calca. brincadeira, a calca ficou on, esquece de fechar a mala pra por na esterira e voa roupa pra todo lado.. haha Olha o micoooo!!

Fui fazer o check in com passaport e passagem, e o cara tira o meu I-94..
Sentei e fui verificar queele tinha arrancado e quando vi que era esse papel fui la reclamar cheia de razao... haha
E o cara na maior paciência: Senhora, esse papel precisa ser retirado pq ele mosta que a senhora saiu do pais...
Mas eu nao vou ter problemas ao voltar? Olha, to voltando a semana queveme nao quero ter problemas, quero voltar pra minha casa heim!!!
Senhorita, quando a senhorita voltar tera que preencher um novo I-94, nao se preocupe, procedimento padrão.


Cheguei no aviao e fui procurar meu lugar na janelinha, mas havia um senhor sentado la, fiquei com vergonha de pedir pra ele sair coitado... filho da puta na verdade né!
Mas ele era legal, ele era Arabe, havia morado no Brasil por 5 anos, e estava morando nos EUA...

Cheguei no Brasil desesperada, nao aguentava mais aquele aviao.
Passei pela Imigracao (Policia Federal), peguei minhas malas, e fui procurar o taxista, nao achei, comprei um cartao telefonico, trident, liguei e marcamos um ponto no aeroporto pra ele me pegar. Paguei o estacionamento e fui pra casa, fomos conversando, ele me contou os ultimos acontecimentos do bairro, e o que mais ouvi foram mortes, comico se nao fosse tragico.
Paguei 140 reais pela corrida, afinal ele ficou me esperando 2 horas no aeroporto o.0

Cheguei em casa feliz da vida, meio descabelada pq choveu e molhou minha chapinha, mas estava bonitona viu.
Encontrei minha tia saindo de carro, e foi ai que a saga de nao ser reconhecida comecou.
Ela me olhou, olhou, e nao reconheceu... Eu fiquei parada acenando e nada... ai comecei a cacholhar os bracos e ela veio ver quem era aquela louca, hahahaha.

Tentei abrir o portao, mas a minha chave nao servia mais. A vizinha veio abrir o portao, falei oi e subi correndo, estava louca pra ver meus pais.

Abri a porta da sala, e nao havia ninguem na sala, a Ona minha cadelinha comecou a latir no corredor mas niguem foi ver quem era... Entrei e comecei a cantar parabens bem alto, fui chegando na cozinha e cantando parabens pra voce, agora minha querida leitora, imagine bem essa cena:
A pessoa cantando parabens pra voce no ultimo volume que sua voz alcanca, sorrindo e seus familiares te olhando com cara de "quem eh essa retardada que invadiu minha casa???".

Imaginaram? Pois essa foi a minha rececpao. 10 horas com o bundao no aviao e ninguem me reconheceu.

Parei de cantar parabens e tirei minha boina, revoltada falei "Tambem nao quero mais cantar parabens". Nessa hota minha mae me olha bem dentro dos olhos, analisa bem e diz "Filhaaaa, eh voce!!!"
Depois meu pai e irma se tocaram que era eu. Mas a saga de nao ser reconhecida perdurou ate hoje, dia da minha volta a NY, pois meu host tambem nao me reconheceu no aeroporto.
(Isso fica para o final).


Minhas ferias foram otimas, fiquei doente metade dela, mas tudo bem, me diverti mesmo assim.
Fiz bastante compras, jeans, o boticario, natura, presentinhos.
Mamis havia comprado todos os tipos de yorgut que eu gosto, trakinas, doces, comidas, foi triste pq como eu estava doente, fiquei sem apetite e nao comi muito, mas mesmo assim engordei 2 kg. haha

Minha mae comprou uma corrente +pigentes de 30 reais pra Jenifer 0.o
Eu comprei uma roupa de bale pra Emma, um perfume pro Jim e uma guitarrinha pro Jonah.

Conheci uma nova amiga, a Thais, ela foi a menina que meus pais "adotaram". Um amor de pessoa, amei tr conhecido essa mocinha. Revi muitos amigos, fui ver minha ex cunhada, me diverti com os velhos amigos.

Olha, essas ferias no Brasil foram tudo, melhorei meu astral, e precebi o quanto amadurei.

Minha mae comprou tanta coisa pra mim, que eu queria retribuir mas nao tinha dinheiro, entao vendi meu laptop e dei o dinheiro pra ela, assim ela pode pagar as contas e comprar algo pra ela, sei la.
Ela ficou feliz e orgulhosa sabe. Dei um perfume do Boticario pra ela tambem e fiz uma daquelas homenagens que o carro de som vai na frente da casa da pessoa, toca uma musica, le uma mensagem, os amigos podem falar alguma coisa...

Quem me ajudou a organizar tudo foi minha amiga Alessandra, ja estavamos combinando tudo desde antes de eu ir, chamavamos isso de missao mother's day. rs
E a missao father's day logo logo vem ai, nao sei o que vou aprontar, mas vai ser bacana!


Foi tao lindo.
Eu comecei chorar quando vi o carro chegar, minha mae desceu e ficou sem sabe o que estava acontecendo, mas ficou muito emocionada com tudo, quando o dvd chegar aqui eu jogo no youtube.


O lado ruim de ir passar ferias em casa eh pq vc sente que quer ficar mais, mas seu lado racional manda voce voltar e cumprir suas obrigacoes, seu lado emocional ouve a todos os pedidos de "fica mais filha, nao volta, volta logo por favor, eu te amo"
Foi complicado, teve um momento (na verdade varios) que meu coracao mandava eu ficar.

Eh dificil mesmo, voce chega em casa, todo mundo que te ama, sua casa, sua cama, comidinha da mamis, seus bichinhos de estimacao.

Ja foi dificil deixar isso tudo uma vez, imagine pela segunda vez.
To sentindo falta deles, das minhas pequenas (Ona e Nana), dormiamos as 3 juntas na cama, eu e a Ona dormiamos "costas com costas", das amigas velhas e novas.

Hoje eu to meio homesick sabe, mas eu tenho umaHostfamily que me apoia, que gosta muito de mim, entao esse esforco vale a pena. Vou sentar com eles em breve e vamos conversar sobre a extensao, os papeis ja chegaram pra eles e pra mim, eles ja afirmaram que querem renovar, mas eu vou conversar com eles sobre uma possivel mudanca de visto, e se isso nao acontecer continuo na agencia com eles.

Seria otimo mudar meu visto, assim eu poderia ir no Brasil no proximo ano, tirar ferias maiores, coordenadar minha ferias com as das kids e tudo seria perfect.


Agora falando da minha chegada, foi muito engracado, o oficial da imigracao gostou de mim e ficou brincando comigo, ma eu fiquei de boa, o cara era lindooooo.
Cheguei no aeroporto e esperei algum tempo, quando o Jim foi me buscar, ele me ligou perguntando ao estava "Passanger Pick Up 3", ele estacionou na minha frente e nao me reconheceu.. haha

Eu abri a porta do porta-malas e ele ficou: "Oi tudo bem??"
shaushuashua
Eu respondi e ele "Vivian??"
kkkkk

Foi engracado, agora vou dormir, quando der eu atualizo coisas que aconteceram, estou extremamente cansada e amanha ja eh volta ao trabalho.

E so atualizo o laytou do blog quando comprar um novo laptop, o que vai demorar um pouco, rs.

¯`» Aonde voce esta? 2009 «´¯