segunda-feira, 10 de setembro de 2007

11 de Setembro - 6 anos se passaram.



Eu mandei uma e-mail para os meus host perguntando o que deveria fazer em caso de um novo atentado. Eles ainda não responderam, talvez me achem louca por perguntar sobre isso e desistam do match! Lol
Bom, isso nao importa, não é sobre a minha atual host family que quero falar agora.

O Medo
Com todo esse blablabla da midia em torno de um novo ataque, confesso que tenho muito medo de deixar o meu pais.
Sei que é um bom pais para se viver apesar das leis não se aplicarem a todos da mesma forma.
Bem, não estamos tão seguros; pelo menos eu não estou. Vivo em São Paulo e se fizermos uma pequena retrospectiva, lembraremos dos dias de terror que passamos com os ataques do PCC.
Pensando no PCC, posso ter a noção de como muitas familias americanas se sentiram: Aterroizadas, impotentes, inseguras, em duvida sobre o que será do amanha, com medo de ir ao mercado, de sair para trabalhar e nao saber se irá voltar.
Sabe, as pessoas acham que é dificil acontecer um novo Ataque nos EUA, muitos me falam "Fica calma, agora eles vivem sob constante vigilancia", maaaaaaassss perai!!! Como pode ocorrer um ataque onde 3234 pessoas faleceram na maior potencia do mundo? Como uma potencia dessa nao era vigiada?
Essa idéia não é aceita pela minha cabecinha!
Esse ataque só provou que os EUA não é tão poderoso quanto imagina ser.

O 11 de setembro na minha lembrança
Eu acordei cedo, e não sei pq liguei a TV, (creio que liguei na Tv Record), eu vi uma apresentadora falando algo do tipo "Ocorreu um acidente grave no World Trade Center, e eu na mais santa ingenuidade pensei: "Será que foi um acidente num park? Sera que alguma montanha russa quebrou e matou o povo??".
Depois de um tempo começaram a passar imagens ao vivo sobre o atentado, mas ate aquele momento, todos achavam que havia sido apenas um acidente.
Foi quando o segundo aviao bateu na torre Sul. Nesse momento papis sentou comigo no sofa e disse "Isso nao tem cara de acidente". Eu comecei a cogitar que não era acidente, mas nao pensei em terrorismo, nao pensei em nada pra ser bem clara. Essa foi uma das poucas coisas que realmente me deixou em choque, sem me mexer, estava apenas sentada e observando
Eu ainda lembro como me senti e como reagi quando vi o segundo aviao: Fiquei parada por um longo tempo, sem falar nada.
Me arrumei, fui para a escola, e fui com medo. No caminho a Juliana me disse: "Vivi, acorda, eles nao vão atacar o Brasil e muito menos o nosso Bairro!". Meu medo nao passou, mas estava mais light.
Muitas pessoas na escola estavam triste, com medo, outras felizes pq de certa forma, os EUA aprendeu uma lição.

Sentimento
Fiquei muito triste e hoje ainda fico preocupada.
Sei que não estou tão segura no meu pais, pois ja vivi na pele uma época de terrorismo, todos se lembram dos ataques do PCC no ultimo ano (2006).
Eu lembro da desconfiança das pessoas, o medo que meus pais e namorado sentiam, alem do meu proprio medo, quando eu saia. Meus pais e namorados me ligavam de 15 em 15 minutos para saber se eu estava bem.

Hoje eu já dou risada, lembro que em um dos dias de ataque, eu entrei na primeira lotação que vinha para o meu bairro. Eu sempre esperava na fila de quem queria ir sentada, e nesse dia nem pensei em pegar fila nenhuma, pois as lotações tinham toque de recolher, os taxis nao estavam circulando, entrei na lotação que estava lotada demais, nem um peido conseguiria sair do bumbum de tão apertado que estava.
Lembro do pavor que tomava conta de mim quando meus pais tinha que ir à lugares que eram alvos do PCC.
Nesse momento surge um sentimento de impotencia muito grande, uma tristeza, revolta, um aperto no coração. É dificil entender como as guerras começam, ou o pq delas começarem, e é mais dificil ainda entender o pq das guerras.



Sobre o email que mandei para a minha host family.
Algums pessoas acharam bacana a idéia, algumas riram, e outras ficaram zoando.Isso não importa, o que realmente importa é eu estar em paz, saber que poderei contar com alguem lá fora, já que nao terei minha familia ao meu lado.
Acho que as pessoas tem dificuldade para entender o que as ASPAS significam. Quando eu disse "plano de Fuga" usei aspas, e as pessoas já imaginaram que eu queria literalmente um plano de fuga.
Oh God! O que eu queria saber, era se eles tem familiares proximos, se eles tem algum parente que poderia nos receber, algo do tipo. Mas tem sempre as marias que mataram aula e já tem ideias sem noção. Gostaria de saber, se alguem que ja viveu na pele esse medo, falaria tanta merda como algumas falaram.
Antes de falar algo, assista isso, OUÇA! http://www.youtube.com/watch?v=AYj3U795Rs0
Depois de alguns videos que pude rever na televisao e alguns no youtube, sei que não estou com medo atoa. Depois das fotos que revi, sei que meu medo não é infundado.

Tomara que eu nunca mais veja fotos assim.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe sua mensagem após o sinal... PIIIIIIIIIIIII

¯`» Aonde voce esta? 2009 «´¯